top of page

No fio da navalha

O tempo de decisão de algo importante, coloca-nos no fio da navalha.



Pois é no fio da navalha para várias decisões. que me encontro agora. Suponho que como eu, muitas outras pessoas se sintam assim, por uma unha negra, resvés Campo de Ourique, entre a espada e a parede, para tomar a decisão: dou o passo e atiro-me ao desconhecido ou mantenho-me na mesma posição, esperando que o conforto se mantenha?


Tal decisão transtorna alguns, mas outros foram feitos para tomar as decisões em cima do joelho. Então o que nos diferencia? Qual a melhor forma?


Dizem os entendidos que um empreendedor toma decisões muito rápido, tal como um gestor ou administrador e que é isso que distingue essa tipologia de pessoa das restantes? Será mesmo? Não teremos nós todos, em aspetos diferentes da nossa vida de tomar decisões muito rapidamente?


Quando um filho cai e parte um braço, uma Mãe corre para o hospital, liga ao 112, faz o que for preciso. Sempre que algo de inevitável acontece, temos de nos mexer. Então, sempre que saímos do conforto, temos de tomar decisões rápidas e movimentar-nos para encontrar uma solução.


Sendo assim, penso..., que a melhor solução será atirar-me de cabeça para o desconhecido, pois a seguir....encontrarei a solução!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page